03/09/2013

.2 - Don't Stop : Quero minha picape de volta...


''Ai,que saudades da minha picape''      Demetria Swan

     Hã. Tudo bem. Pode tirar.      disse eu estranhando a atitude do homem.

  Rapidamente tirei a mangueira de gasolina e me esgueirei para o banco da frente a fim de me esconder enquanto o cara fissurado pegava na mochila uma câmera que parecia ser profissional. Ele e o amigo se revezaram posando junto ao capô e depois tiraram as fotos da traseira.

     Ai,que saudades da minha picape     choraminguei comigo mesma.

  Fora mesmo muito conveniente, conveniente demais, que minha picape desse seu último suspiro semanas depois de Joseph e eu fecharmos o acordo desigual, e um detalhe do acordo era que Joseph poderia substituir minha picape quando ela morresse. Ele jurou que era apenas o esperado; que a picape tinha tido uma vida plena e longa e depois falecera, de causas naturais. Isso é oque ele diz. E, é claro, eu não tinha como verificar a sua história ou tentar, sozinha, erguer a picape de entre os mortos. Meu mecânico favorito... Eliminei esse pensamente, recusando-me a levá-lo a uma conclusão. Em vez disso, voltei minha atenção para as vozes do lado de fora, abafadas pela lataria do carro.

     ...atacado com um lança-chamas num vídeo on-line Nem enrugou a pintura.
     É claro que não. Até dá pra passar com um tanque por cima desse bebê. Mas não tem muito mercado por aqui. Foi projetado basicamente para diplomatas do Oriente Médio, traficantes de armas e chefões das drogas.
     Acha que ela é alguma coisa?      perguntou o cara mais baixo reduzindo o volume da voz e eu abaixei a cabeça com o rosto em brasa.
     Huuuuun.      murmurou o homem mais alto.      Talvez. Nem imagino pra que alguém precisaria de vidro a prova de mísseis e duzentos quilos de blindagem por aqui. Deve estar indo a algum lugar mais perigoso...

  Blindagem. Duzentos quilos de blindagem. E vidro a prova de mísseis? Que ótimo. Oque aconteceu com o bom e velho vidro a prova de balas? Bom, pelo menos isso fazia algum sentido, para quem tem um senso de humor meio distorcido. 

  Não é que eu não esperasse que Joseph tirasse proveito de nosso acordo, fazendo a balança perder para o lado dele, dando-me muito mais do que receberia. Eu concordei que ele substituiria minha picape quando fosse necessário, sem esperar que esse momento chegasse tão cedo, é claro. Quando fui obrigada a admitir que a picape não passava de um tributo em natureza-morta aos Chevys clássicos no meu meio-fio, sabia que a ideia que ele fazia de substituição ia acabar me deixando constrangida. Ia me tornar foco de olhares e cochichos. Eu tinha razão quanto a essa parte. Mas mesmo em minhas mais sinistras concepções não previ que ele me daria dois carros..

  O carro de ''antes'' e o carro de ''depois'', explicou-me quando eu pirei. Aquele era só o carro de ''antes''. Ele me disse que era emprestado e prometeu que o devolveria depois do casamento. Tudo aquilo não fazia nenhum sentido pra mim. Até então.

  Ha,ha. Ao que parecia, porque eu era tão fragilmente humana, tendia tando a me acidentar era tão vítima de minha própria e perigosa falta de sorte, precisava de um carro que resistisse a tanques para me mantar segura. Hilário.Eu tinha certeza que ele e os irmãos riram da piada pelas minhas costas.

  Ou talvez, só talvez, sussurrou uma vozinha em minha mente, não seja uma piada, sua boba. Talvez ele realmente se preocupe com você. Não seria a primeira vez que ele exageradamente tentava protege-la. 

  Eu suspirei. 

  Ainda não vira o carro de ''depois''. Estava escondido embaixo de uma lona no fundo da garagem dos Cullen. Eu sabia que a aquela altura a maioria das pessoas teria dado uma espiada, mais eu não era curiosa. Provavelmente, não haveria blindagem nesse outro carro, porque eu não precisaria disso depois da lua de mel. A quase indestrutibilidade era só uma das muitas vantagens porque eu ansiava. 

  O melhor de ser uma Cullen não eram os carros caros e os cartões de crédito que impressionavam.

     Ei!       falou o cara alto, colocando as mãos em conchas para me enxergar dentro do carro de vidro fumê.      Já acabamos. Muito obrigada!!
     Não há de que.      eu disse, e então, tensa, liguei o motor e pisei no pedal bem delicadamente...

Continua...'

Olá filhas! Enfim,nao quero falar muito hoje,mais obg pelos comentários anteriores ♥

7 comentários:

  1. Oi amor,que bom que postou!adorei!
    haha adoro descobrir blogs!!
    tem post novo,vai lá?

    http://jemifacingobstacles.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Amei, sério! Eu amo a personagem da Demi,
    é tão matura sla
    amo. Ansiosa para mais um, trate de postar.
    obrigada minha filha; perfeito coo a diva, pfvr
    posta logo, te amo gata ♥

    ResponderExcluir
  3. Ta muito bom!! Sério *u*
    Demi diva, pfrv u.u
    Estou curiosa para saber do desenrolar dessa fic *w*
    Então trate de postar logo sua diva divosa!!
    Beijão gata ;*

    ResponderExcluir
  4. Heey minha gatenha!
    Sorry pela demora =x
    Ri muito com a Demi choramingando pela "morte" da picape uahuahs'
    Esses caras são muito suspeitos...
    O que eles querem com a MINHA Demi?? Ruuuun =s
    Sério, tô muito curiosa pro que vai acontecer, slá auhusauhaushasuh'
    Desculpa me intrometer, mas você tá bem?
    Poosta logo, malz por essa merdinha de comentário, tô no cel =p
    Beeijos, te amo >.<

    ResponderExcluir
  5. Como assim?
    Demetriaaaaaaaaaaaaaaaaa <3
    Posta logo;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hein blog novo.
      Segue? Comenta? lê? Divulga?
      http://itsmyloveyou.blogspot.com.br/

      Excluir
  6. Oi, estou amando seu blog, a fic é bem legal e estou acompanhando. Mesmo não comentando nada.
    Queria pedir um favor. Estou voltando com meu blog e gostaria muito que se vc puder, divulgar ele para mim. Obrigada e bjs <3
    http://jemi-historias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

• - Sem xingamentos
• - Sem o URL do seu blog,causa SPAM
• - Sem comentários do tipo : ''SEGUINDO , SEGUE DE VOLTA?'' isso é chato
• - Se não gostar de algo,me diga com educação,sem xingamentos e palavrões
• - Seja educado,pra receber meu respeito
• - Obrigada :*